Folha da Cidade 316
”Rádio
Ínicio / Notícias / Cidade / Agehab vistoria obras de construção das casas a custo zero em Rio Verde

Agehab vistoria obras de construção das casas a custo zero em Rio Verde

Município do Sudoeste Goiano recebe 50 casas pelo programa Pra Ter Onde Morar – Construção, em parceria do Estado com a Prefeitura. O presidente da Agência Goiana de Habitação, Pedro Sales, visita obras nesta quarta-feira (30/3)

VistoriaSão João da Parauna

O Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), tem vistoriado canteiros em 30 municípios onde já estão a pleno vapor obras do programa Pra Ter Onde Morar – Construção. O presidente da Agehab, Pedro Sales, fará parte da comitiva que vistoria o canteiro de obras, nesta quarta-feira (30/03), às 10 horas. Nesta terça-feira (29/3), outra visita foi realiza à obra de 40 casa em São João da Paraúna. Já estão sendo construídas 1,2 mil moradias na primeira etapa do programa conduzido com recursos do Fundo Protege, coordenado pelo Gabinete de Políticas Sociais (GPS) dentro do leque do Goiás Social.

Pelo modelo desenvolvido pelo Estado, as prefeituras apresentam os terrenos regularizados com infraestrutura e a Agehab comanda a parte de aplicação de recursos e condução das obras. O Governo de Goiás arca com 100% dos custos de edificação das moradias, enquanto a as construtoras que atenderam o Chamamento Público executam as obras. Ao final do processo, as famílias em situação de vulnerabilidade social beneficiadas não despendem nada para receber a moradia. Com o fim do período chuvoso, as obras seguem em ritmo acelerado.

O novo modelo de contratação de empresas na área da habitação foi lançado em novembro de 2021 e redefiniu a estratégia para combater o déficit habitacional em todo o Estado. A proposta apresentada pelo Estado cria uma vinculação para construtoras interessadas em construir nas grandes cidades com o compromisso contratual de executar também empreendimentos em municípios menores. “Esso processo democratiza o acesso à moradia e tem o potencial de reduzir o déficit habitacional no interior”, explica o presidente Pedro Sales.

Casa Modelo

A cidade de Rio Verde vai receber inicialmente 50 casas, que já estão sendo edificadas com o padrão de qualidade preconizado pelo Governo de Goiás. As moradias possuem cerca de 42 metros quadrados, com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. O valor investido pelo Estado, por unidade, é de até R$ 124 mil, o representa um investimento total de mais de R$ 6,2 milhões.

Pedro Sales destaca que é preciso inovar na resolução de problemas históricos como o déficit habitacional, sem perder de vista o interesse social que deve orientar as políticas públicas. “Construímos um novo modelo de contratação das construtoras em Goiás. Hoje estamos com vários canteiros de obras e famílias que aguardam para conseguirem sua casa própria. É muito gratificante fazer parte dessa mudança”, ressalta.

Custo zero

Criado para as famílias que mais precisam, o modelo de casa a custo zero também integra o rol de atendimentos do programa Goiás Social, coordenado pelo Gabinete de Políticas Sociais (GPS), com recursos provenientes do Fundo de Proteção Social de Goiás (Protege). Diferente de outras modalidades, nesta o beneficiário não paga, por exemplo, eventuais financiamentos para a Caixa Econômica, agente do governo federal que disponibiliza crédito imobiliário para ser combinado com recursos do Estado de Goiás.

Sobre Equipe JFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *