Jornal Folha da Cidade 307
”Rádio
Ínicio / Notícias / Cidade / Muita emoção marcou o encerramento das atividades do HCamp de Rio Verde

Muita emoção marcou o encerramento das atividades do HCamp de Rio Verde

Agora os profissionais e equipamentos específicos da Saúde seriam direcionados para unidades da Saúde, como por exemplo o Hospital Municipal Universitário que continuará com ala para atendimento Covid. E quanto aos móveis e a estrutura modular utilizados na unidade serão reaproveitados em diversos outros setores da administração municipal, como Educação e Assistência Social.

Na quinta-feira (30/9) foi uma manhã de muita emoção para os profissionais da Saúde de Rio Verde, incluindo o prefeito Dr. Paulo do Vale. O motivo foi a suspensão das atividades e desmobilização do HCamp (Hospital de Campanha) de Rio Verde que foi erguido e inaugurado em abril de 2020 no período mais crítico da pandemia.

A cerimônia foi realizada com a presença do prefeito, juntamente com a primeira-dama e Secretária de Assistência Social, Sra. Lilian Martins do Vale, o vice-prefeito Dannillo Pereira, e autoridades da Saúde e gestão. Entretanto os principais personagens da cerimônia foram os médicos, enfermeiros, técnicos e servidores que trabalharam no Hospital e foram orar juntos com o prefeito em gratidão ao trabalho de todos que geram os resultados hoje que possibilitem a suspensão do HCamp.

Segundo nota publicada pela própria prefeitura, a decisão acontece após a vacinação já ter atingido todos os grupos acima de 12 anos com ao menos uma dose e na esteira da diminuição expressiva dos casos graves da doença no município.

O local que antes oferecia 100 leitos e atendeu 1.641 pacientes, incluindo de outras cidades, após a doação de leitos para o estado de Goiás, agora irá ser desmobilizado e seus recursos direcionados à áreas necessitadas.

Na época de sua criação foi utilizado a tecnologia modular, ficou pronto em apenas sete dias com um investimento de R$ 1,4 milhão do município, além das parcerias com o governo estadual e com o Ministério da Saúde, que resultaram em mais R$ 9 milhões para custeio.

Sobre Equipe JFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *