Folha da cidade 287
Acesse Nossa
Edição Online
Clique na capa para abrir a versão Flip Clique aqui para abrir a versão PDF
Ínicio / Notícias / Cidade / CODERV realiza SABATINA com candidatos a prefeito de Rio Verde

CODERV realiza SABATINA com candidatos a prefeito de Rio Verde

O CODERV (Conselho de Desenvolvimento Econômico de Rio Verde) realizou na manhã de sexta-feira (06/11), uma sabatina com os candidatos a prefeito de Rio Verde nas eleições de 2020.

O plenário aconteceu de forma on-line e contou com a participação de cerca de 18 membros do CODERV que representam vários segmentos sociais de Rio Verde. A sabatina foi direcionada pelo presidente Dr. Eduardo Lôbo e não participaram dois candidatos, Valdemar de Paula (PT) e Clailton Filho (PSDB). O primeiro candidato a responder as perguntas foi Cristiano Quintino (AVANTE).
Cristiano falou de sua intenção em realizar uma administração totalmente participativa, voltada para a população, contando com entidades como o CODERV e outras que venham apresentar propostas e soluções que contribuam com o desenvolvimento do município.
“Não queremos que essas entidades nos apresentem só os problemas do município, mas que nos tragam soluções e ideias para podermos administrar juntos uma cidade que é reconhecida nacionalmente pelo agronegócio”.
O candidato falou que vai realizar um novo plano diretor em curto espaço de tempo e que contará com a tecnologia para melhorar e modernizar vários setores que se encontram defasados e não estão conseguindo atender a demanda da população.
Dr. Eduardo apresentou ao candidato um termo de compromisso incluindo várias demandas para o desenvolvimento do município nos próximos quatro anos e questionou se realmente ele estaria disposto a atender essas solicitações. Quintino respondeu que sim e que agradece ao CODERV pelas sugestões, sendo que várias destas já fazem parte do seu plano de governo.
O prefeito Paulo do Vale, o segundo a ser sabatinado, falou sobre o porquê de sua decisão em candidatar à reeleição. O primeiro motivo, segundo ele, foi o enfrentamento à pandemia; disse ter se sentido muito desconfortável diante da problemática e sente que precisa continuar dando sua parcela de colaboração como médico e não pode abandonar a cidade nesse momento. Um segundo motivo seria a aprovação do povo ao seu governo, já que conta com 74,5% de aprovação e com apenas 20% de avaliação regular, o que significa que sua administração vai de encontro aos anseios da população. Lembrou que desde o início do seu mandato fez várias reuniões com o CODERV e considera importante ouvir os segmentos da sociedade. “A legislação me impede de fazer mais pelo município, mas estou sempre aberto a ouvir os segmentos organizados. Fomos o único município a criar um comitê de enfrentamento a pandemia e esta foi uma experiência exemplar, pudemos atender a parte social e a secretaria de desenvolvimento, num momento em que houve uma desaceleração na economia”, explicou.
“Não tenho pretensões pessoais, mas estou à frente desta campanha pela cidade que eu amo e que quero ver crescer com qualidade de vida”, ponderou o prefeito.
Paulo do Vale disse que criou vários programas importantes, buscou atualizar todos os setores, levando qualidade de vida para a população. “Rio Verde precisa seguir em frente, estou animado e determinado a continuar”, concluiu ao fazer sua justificativa.
Questionado sobre a conclusão do Plano Diretor e prazo para sua aplicação, o prefeito afirmou que Rio Verde foi a única cidade que contou com a participação da população para elaboração do seu plano. Disse que faltam duas audiências para concluí-lo e acredita que no início do próximo ano será colocado em prática.
Sobre a desburocratização e agilidade nas decisões para estimular a economia e novos investimentos, Paulo do Vale disse que contratou uma empresa que fez toda reforma e modernização da administração. “Vamos modernizar, digitalizar todas as ações para que possamos caminhar e tornar a máquina mais ágil e eficiente. Criamos o PRODEN-RV que agilizou o processo de legislação ambiental; pretendemos construir um novo espaço municipal que dará eficiência ao serviço público. Pegamos uma estrutura viciada, onde ouvíamos com frequência que sempre foi assim e não poderia ser diferente, no entanto, rompemos com esse sistema e mostramos que a administração pode ser diferente sim”, destacou.
Em relação à tecnologia e integração das secretarias o prefeito afirmou que estas já estão integradas, com um comitê que funciona em sistema cooperativo. “Diante de todas as demandas que requerem multi-decisões, nossos secretários estão sentando numa mesa só e acelerando o atendimento à essas demandas”, explicou.
Quanto ao apoio ao CODERV e a parceira com o mesmo o candidato à reeleição lembrou que sua primeira reunião ao assumir a administração foi com o CODERV. “Sempre recebemos de vocês os projetos e atendemos; aqueles que precisaram de ajustes o fizemos. Fomos parceiros e sempre estive aberto a ouvir o CODERV e não será diferente nos próximos anos. Há uma demanda para passar uma ajuda ao CODERV para que o mesmo possa manter seu corpo administrativo, essa decisão deverá passar pelo Legislativo. Vamos levar essa ideia para que seja aprovada. Terei um cargo eletivo com tempo de duração, não sou eterno, mas sempre estivemos juntos às entidades e vamos continuar. Não levantamos bandeira de quem trouxe a plataforma ou outros empreendimentos para o município, trabalhamos em parceria. Não somos donos da verdade, todas as ideias boas são bem-vindas. O programa de desenvolvimento econômico do município é um sucesso, tanto que Rio Verde é a cidade que mais gerou empregos no último ano. O DIMPE está sendo organizado e tudo caminha para a expansão. Rio Verde está no caminho certo, vocês devem continuar empenhando e juntos vamos caminhar de braços dados com interesses coletivos sobrepondo os individuais”, afirmou.
Quanto às demandas apresentadas pelo CODERV o prefeito disse que as mesmas são, na verdade, o que realmente tem que ser feito no município para que o seu desenvolvimento; todas fazem parte de seu plano de governo. “É essa cidade que queremos para morar e essas demandas fazem parte do desenvolvimento nos próximos anos. Estamos buscando o que é melhor, correto e certo para o nosso município”, concluiu.
O candidato pelo MDB, Osvaldo Fonseca foi o terceiro a ser sabatinado. Falou de sua alegria em participar da sabatina e se colocou à disposição do CODERV; fez uma breve apresentação sobre seu currículo e disse que deseja fazer uma administração em parceria com a população. Afirmou que quer fazer uma gestão participativa, com diálogo e aberta a todos os segmentos. Acredita que seu projeto de campanha está crescendo cada vez mais e está otimista.
“O foco do meu governo será a saúde e a habitação. Temos um déficit habitacional muito grande. A saúde deverá receber total atenção devido às demandas que são imensas. Quero desburocratizar todos os setores, acompanhar o crescimento ao lado da população”, disse.
Sobre o novo Plano Diretor, o candidato disse que é de conhecimento que esse plano está vencido desde o governo do Dr. Juraci. “Esse plano foi montado e o atual prefeito não o executou porque ele tem interesses escusos. Vou revisar e aprovar esse plano contratado pela ARCA e colocá-lo em prática. Vou aprovar esse plano sim, pois ele foi oneroso para o município e deverá ser aprovado. Creio que no primeiro ano o mesmo será aprovado e colocado em prática. Vamos convocar a população e as empresas para reformulá-lo e aprová-lo. Quero um governo transparente. Provavelmente no máximo no segundo semestre ele será aprovado”, afirmou o candidato do MDB.
Quanto a celeridade nas decisões e projetos, Osvaldo disse considerar a atual administração muito burocrática e que há um entrave grande em todas as ações. “Vamos mudar essa situação. Quanto ao alvará de funcionamento, é uma grande dificuldade por parte dos empresários e o da construção civil então, nem se fala. Vamos olhar o exemplo de Goiânia e vamos tomar medidas para equilibrar. Serei o prefeito do diálogo, vamos ajudar as pessoas a empreender, não vamos ser empecilho, vamos desburocratizar, fazer a máquina efetiva. Quero proximidade, quero respeitar o CODERV, o observatório, quero trazer modernização, tornar a máquina efetiva. Na construção civil temos que deixar nossos empresários expandir. Como não terei favorecimento pessoal, vou agir de acordo com a lei”, afirmou.
Uma das propostas do Dr. Osvaldo Fonseca é de criar um aplicativo que atenda ao cidadão desde o transporte público até as demais necessidades. “Vamos modernizar, vamos aumentar as câmeras de vigilância. Vamos investir muito em tecnologia”, concluiu.
Nas considerações finais, Dr. Osvaldo aproveitou para pedir o apoio do CODERV para o seu nome, considerado novo e “revolucionário”. “Em primeiro lugar quero pedir o voto para mim, pedir que não vote em reeleição. Sou jovem, quero trabalhar por vocês, se eleito vou pedir ao CODERV que indique três nomes para secretários. Vou desburocratizar o atendimento médico e hospitalar, desonerar o IPUT, ISSQN; vou criar um conselho consultivo com representantes de entidades. Vocês terão grande importância no meu governo, vou diminuir o número de comissionados, fazer concurso público, estabelecer o mínimo de arrecadação para investir em infraestrutura em Rio Verde, vamos rever a área de expansão urbana. Sou a melhor escolha, o atual prefeito já teve sua vez e deixou a desejar”, disse.
Quanto às demandas apresentadas pelo CODERV, o candidato se comprometeu a implementá-las. Falou que deixará um portal de transparência para mostrar suas promessas de campanha e que quer criar uma secretaria consultiva sem remuneração para a atuação do CODERV junto à administração pública. Sugeriu que ao assinar o temo de compromisso vai acrescentar a criação dessa secretaria. “Estou preparado para administrar Rio Verde e farei uma administração jamais vista pela população rio-verdense”, concluiu o candidato.
Dr. Eduardo disse que a sabatina atendeu o objetivo do CODERV e que na próxima gestão serão cobradas essas demandas, pois um termo de compromisso será assinado por todos os candidatos. “Estamos cumprindo nossa função social que é fazer com que o candidato eleito cumpra suas promessas de campanha”, concluiu o presidente Eduardo ao encerrar a sabatina.

Sobre Equipe JFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *