Folha da Cidade 281
Acesse Nossa
Edição Online
Clique na capa para abrir
Ínicio / Notícias / Cidade / Vereadores aprovam extinção de cargos efetivos nas sessões de agosto

Vereadores aprovam extinção de cargos efetivos nas sessões de agosto

As sessões legislativas do mês de agosto aconteceram entre os dias 24 e 28, e foram fechadas ao público em respeito aos decretos municipal e legislativo vigentes. O acesso ao plenário foi permitido apenas aos vereadores, servidores e prestadores de serviços essenciais para o andamento dos trabalhos.

A Lei Complementar Nº 192/2020 promove modificações na estrutura administrativa do Município de Rio Verde, extinguindo cargos e vagas, colocando em extinção cargos efetivos da Administração Pública Municipal, sendo eles (383 cargos de Auxiliar de Serviços Gerais, 2 cargos de Marceneiros, 3 cargos de Operadores de Máquinas Leves e 19 cargos de Operadores de Máquinas Pesadas). A justificativa do Poder Executivo é adequar a realidade da Administração Pública aos princípios da eficiência e economia, pois atualmente existem empresas especializadas na área de limpeza e manutenção, o que permite à Administração a terceirização, fato que traz substancial economia aos cofres públicos. A lei foi aprovada com 1 voto contrário, sendo este da vereadora Lúcia Batista, que em sua justificativa disse ser contra a terceirização dos cargos de Auxiliar de Serviços Gerais, principalmente na Educação.
As Leis Nº 7.096/2020 e Nº 7.097/2020 alteram as leis que autorizaram as concessões administrativas de uso de espaço no Aeroporto General Leite de Castro às empresas PASSAREDO LINHAS AÉREAS e AZUL LINHAS AÉREAS BRASILEIRAS S.A respectivamente. A alteração se faz necessário em função de que o aeroporto municipal passou por ampliação, o que também alterou a área da sala, cuja concessão administrativa foi autorizada, passando de 35 m² de área para 36 m². Ambas as leis foram aprovadas por unanimidade.
Já na Lei Nº 7.092/2020, aprovada por unanimidade, fica denominado o Centro de Convenções da Universidade de Rio Verde – UniRV de “Centro de Convenções Dr. Lauro Martins”, uma homenagem a um cidadão honrado, respeitado e trabalhador. Na justificativa, o autor do projeto, vereador Zé Henrique, relata que Lauro Martins nasceu no dia 1º de dezembro de 1925, filho do ex-prefeito Jerônimo Martins e neto do intendente Frederico Gonzaga Jayme, formou-se advogado no Rio de Janeiro em 1951. Em 1954 foi um dos vereadores mais votados da história rio-verdense, sendo presidente da Câmara Municipal em 1956. Foi prefeito de Rio Verde de 1970 a 1972. Sempre atuante na política local, brilhou também na carreira de advogado e agropecuarista. Foi também um dos responsáveis por trazer cursos superiores para Rio Verde. Lauro Martins faleceu em 2006 aos 86 anos.
Ao final das sessões, foram aprovadas 12 leis, 5 decretos legislativos, 3 resoluções e 141 requerimentos. O Presidente da Câmara, Idelson Mendes, convocou todos os vereadores para as próximas sessões de setembro, que acontecerão de 21 a 25 às 9 horas no plenário da Câmara Municipal de Rio Verde.

Sobre Equipe JFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *