Jornal Folha da Cidade – Edição 269
Acesse Nossa
Edição Online
Clique na capa para abrir
Ínicio / Notícias / Ministério da Saúde convoca população para combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya

Ministério da Saúde convoca população para combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya

Nova ação de combate ao mosquito do ministério tem objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância de fiscalizar e eliminar possíveis criadouros

Dados do Ministério da Saúde apontam um aumento de aproximadamente 600% no número de casos de dengue, em comparação com o ano passado. Quanto aos casos de chikungunya e de zika, o crescimento foi de 44% e 47%, respectivamente. Lançada no último dia 12, a nova ação de combate ao mosquito do ministério tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância de fiscalizar e eliminar possíveis criadouros. Quanto à antecipação da campanha, o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, explica o principal motivo: 

“Há tempos que há uma solicitação e um reconhecimento desse Ministério que, ao invés de fazê-la (campanha) no final de outubro, novembro – como tradicionalmente sempre foi feito, fazer em setembro, porque dá tempo, antes do período da chuva, de fazer grandes mutirões, colocar na agenda e não esperar o novo ciclo da doença se instalar.”

A campanha de combate ao mosquito quer mostrar à população a necessidade de agir e se mobilizar para proteger a sua casa. O secretário de Vigilância em Saúde do ministério, Wanderson Kleber, destaca que a responsabilidade é de todos, cidadãos e gestores. O gestor convoca toda a população para acabar com o mosquito.

“Estamos com a oportunidade de eliminar os criadouros dos domicílios como os pratos de vasinhos de planta, garrafas vazias e outros resíduos, tirando 10 minutos da sua rotina, ao chegar em casa do trabalho ou durantes os fins de semana. Em todo pequeno local, o mosquito tem capacidade de botar os ovos e ser um criadouro”, aponta o secretário.

E você? Já combateu o mosquito hoje? Elimine focos de água parada todos os dias. Dengue, zika e chikungunya são doenças graves que podem matar. A mudança começa por você. Proteja a sua família. Para mais informações, acesse: saude.gov.br/combateaedes.

Repórter Tâmila Faria

Sobre Equipe JFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *