Home / Notícias / Economia / Governo e BRF firmam compromisso para retomada de investimentos

Governo e BRF firmam compromisso para retomada de investimentos

Empresa vai ativar um plano de readequação para recontratação de mão de obra em Rio Verde, Jataí e Mineiros

Reunidos na manhã de quarta-feira, 29/08, com o governador Zé Eliton e o ex-governador Marconi Perillo, no Palácio das Esmeraldas, executivos da BRF (Brasil Foods) selaram compromisso de ativar um plano de readequação para recontratação de mão de obra em Rio Verde, Jataí e Mineiros, e normalização da produção, que foi diminuída há dois meses em função das dificuldades de exportação da produção de carne de aves para o mercado Europeu. Definiram também que será mantido o ritmo de produção da unidade de Buriti Alegre. Hoje, a BRF emprega 7 mil trabalhadores em Rio Verde e 500 em Jataí.
Em função da retração das vendas no mercado internacional, a BRF havia fechado 16 núcleos de produção no Sudoeste do Estado, a maior parte em Rio Verde, mas, nesta reunião, os diretores do grupo assumiram o compromisso junto ao governador de que não se concretizará a meta de fechamento dos 24 núcleos, como previsto anteriormente, em função do plano de readequação do sistema de contratação de mão de obra e da retomada das exportações.
Em alguns municípios, como Jataí, haverá expansão do plano de investimentos. Presente à reunião, o prefeito Vinícius Luz ouviu dos diretores do grupo o anúncio de expansão das vendas ao Mercado Comum Europeu, com previsão de aumento de 20% dos negócios da BRF no município.
O prefeito destacou o esforço do governo estadual no sentido de demonstrar à sociedade goiana a preocupação em relação a uma das empresas que mais geram empregos em Goiás – a BRF. “No caso específico de Jataí, que tem a produção voltada para o mercado muçulmano, está sendo feita uma adequação que vai permitir inclusive a ampliação do abate”, comemorou Vinícius Luz.
O secretário de Desenvolvimento, Leandro Ribeiro, avaliou como “muito positiva” a reunião. Segundo ele, o grupo trouxe a informação de que a desativação de núcleos de produção está sendo reavaliada, na perspectiva de manutenção dos empregos em Rio Verde e região.
“Hoje, a BRF está reavaliando e retomando as atividades, onde tem aqueles núcleos funcionando, para que não gere desemprego. Também a retomada de crescimento em Jataí, também. É uma notícia muito positiva para o Estado e toda a região Sudoeste. Nossa maior preocupação realmente é com Mineiros, onde fechou a fábrica de perus, por conta do mercado externo, o Mercado Europeu”, acrescentou o secretário Leandro, confirmando que a empresa deu uma perspectiva de normalizar a situação em toda região no prazo de um ano a um ano e meio.
A antiga Perdigão se instalou no Sudoeste no ano de 2000. Houve impacto positivo para toda a cadeia produtiva, com a implantação de aviários para fornecimento de frangos. Em Rio Verde, foi montada a mais moderna e maior indústria de carnes de aves e suínos do Brasil. Também foram montadas unidades de menor porte em Jataí e Mineiros.
Com o passar dos anos, a empresa focou 90% de sua produção para mercado no exterior. Com a retração das vendas no comércio internacional, a empresa, que tem unidades no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, teve de adotar um plano de reestruturação dos negócios.
Participaram da reunião o vice-presidente Executivo Global da BRF, Lorival Luz, o vice-presidente Institucional BRF, Jurídico e Compliance BRF, Bruno Ferla, o vice-presidente de Operações BRF, Vinícius Barbosa, o vice-presidente de Qualidade BRF, Fabrício Delgado, o Diretor de Compliance BRF, Reynaldo Goto, a Gerente Executiva Relações Institucionais BRF, Ana Carolina Carregaro e o deputado estadual Lissauer Vieira. Fonte: Goiás 247

 

About admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *